sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Com grande apresentação, Cavaliers não toma conhecimento do Pistons. Cleveland Cavaliers 105 X 89 Detroit Pistons


Em uma partida coletiva da equipe, Cavs melhorou muito em relação ao primeiro jogo e domina a equipe de Detroit.

O primeiro quarto da equipe foi bom, mas não foi onde o Cavs fez a diferença na partida e dominou o Pistons. A equipe teve bons lances ofensivos de todos jogadores, principalmente de Irving, porém o placar era equilibrado. Com a entrada da equipe reserva as coisas começaram a mudar já no segundo quarto, a defesa melhorou muito, e o ataque continuou produzindo. O Cavs tomou 23 pontos no primeiro quarto para depois tomar apenas 16 no segundo. Quando o time titular voltou no final do segundo quarto, Irving dominou o jogo, foi onde ele mostrou todo seu arsenal de jogadas. Cavs acabou o primeiro tempo 11 pontos na frente, poderia ser mais se Brandon Knight não tivesse convertido uma bola de três pontos no último segundo.

O Cavs não foi bem defensivamente no terceiro quarto, porém seu ataque fez com que a equipe mantivesse a vantagem feita no primeiro tempo. A equipe fez 30 pontos no quarto, com todos jogadores contribuindo. No último quarto a equipe dominou o Pistons, não deixou que eles se recuperassem no jogo. Scott resolveu deixar a equipe reserva durante todo o tempo na quadra, e isso deu certo. Sessions, Thompson e Samuels dominaram o Pistons e o Cavs conseguiu sua primeira vitória na temporada.

- Estatisticas do jogo
- Melhores momentos

- Analise e nota dos jogadores:

Kyrie Irving - 8,0 - Grande atuação do novato. Após um jogo onde parecia deslocado e fora de sua caracteristica, Irving mandou na partida, jogando sempre de acordo com suas caracteristicas. Ditou o ritmo do jogo, distribuiu assistências e fez infiltrações

Anthony Parker - 3,5 - Mais um jogo estranho para ele. Foi pouco acionado novamente, ficou omisso na partida. Parker deveria participar mais da partida no lado ofensivo, o Cavs precisa de seus chutes de fora

Omri Casspi - 6,0 - Melhorou demais. Ofensivamente ainda acho que ele pode mais, estava meio preso ainda. Porém na defesa foi muito bem, Prince não conseguiu atacar contra Casspi, foi muito importante no jogo defensivamente

Antawn Jamison - 7,0 - Boa partida do veterano. Chutou o número de bolas que deveria, não foi excessivamente acionado como no primeiro jogo, e nas bolas que foi acionado, converteu seus chutes. Falhou em alguns lances defensivos, mas nada que comprometa muito a equipe

Anderson Varejão - 6,5 - Bom jogo do brasileiro, poderia ter ido ainda melhor se não tivesse cometido alguns erros no ataque, ele ainda não se acostumou com os passes de Irving. Mas da forma raçuda dele de sempre, acabou sendo importante para o time

Ramon Sessions - 8,5 - Assim como na primeira partida, excelente jogo de Sessions. Assim como Irving, controlou o ritmo do jogo. Sessions melhorou muito em seu chute de longa distância, ele declarou que treinou isso durante o lockout, e podemos perceber isso, Sessions já converteu 4 chutes de três pontos na temporada. Agora os defensores que marcarem sua infiltração, pode acabar tomando chutes de longa distância

Daniel Gibson - 8,0 - Grande jogo de Gibson. Mais uma vez gostei dele no ataque, pois não forçou fazer o que não é a dele, jogou exatamente em sua caracteristica. Chutou e converteu as bolas de longa distância. Mas o ponto diferencial dele foi exatamente o que ele foi mal no outro jogo, a parte defensiva. Ele foi obrigado a defender Austin Daye por muito tempo, e mesmo tendo uma diferença de 16 centimetros entre os dois, Gibson acabou roubando algumas bolas e anulando completamente o jogo de Daye

Alonzo Gee - 5,5 - Não foi um dos principais do Cavs no jogo como foi na primeira partida, mas não foi mal. Participou relativamente pouco da partida no ataque, mas foi bem defensivamente

Tristan Thompson - 8,0 - Mais um jogo fantastico do novato. Está mostrando porque o Cavs acabou pegando ele na quarta escolha. Muito atletico, Thompson é muito dificil de defender devido a altura que ele sobe quando vai executar o chute. Defensivamente ele deu dois tocos espetaculares usando esse seu atletisismo.

Samardo Samuels - 8,5 - Assim como dito não só no blog, como em outros lugares por torcedores do Cavaliers, Samuels precisava de minutos. Scott resolveu coloca-lo em vez de Hollins e ele correspondeu sendo o principal jogador da equipe. Foi a grande arma ofensiva do Cavs junto a Sessions quando a equipe reserva estava em quadra. Agora é só torcer para que Samuels não saia mais da rotação.
Byron Scott - 8,5 - Um grande técnico sabe corrigir seus erros. Foi isso que ele fez, colocando Samuels na partida e arrumando a equipe para o jogo contra o Pistons. Como falei no último resumo, gosto muito de Scott, mas todos cometem seus erros, mas nem todos sabem corrigi-los, Scott soube.

=====

Peço desculpas a todos caso acabe faltando algum resumo, notícia ou qualquer coisa do tipo no blog. Infelizmente atualmente o pessoal contribuindo pro blog são poucas pessoas, por isso até, venho aqui dizer que se alguem estiver interessado em ajudar com o blog primeiro se pronuncie nos comentários, depois irei passar meu email.

3 comentários:

  1. Pois é, Cavs muito melhor que no jogo anterior, essa vitória deu uma esperança a mais, pra nós que ainda queremos uma vaga nos playoffs ... All For One, One For All *-*

    ResponderExcluir
  2. Eu me interesso muito em contribuir com o BLOG, Seria muito bacana ;D

    ResponderExcluir
  3. JOHN GRAMACHO30/12/2011 14:31

    EU me interesso tbm ehn contribuir com o BLOG!!!
    Sou um grande seguidor do BLOG, e se puder ajudar, seria muito show!
    Abraço.

    ResponderExcluir